Sistema Sprinkler

O sistema sprinkler é um sistema de chuveiros automáticos utilizados para o combate a incêndios. Esse tipo de sistema é formado por um conjunto de tubulações interligadas e que são sustentadas por água através de um sistema moto-bomba. Esse tipo de sistema hidráulico pressurizado é essencial para quem busca garantir a segurança local.

Com o sistema sprinkler não há necessidade de atuação humana para a operação de combate ao incêndio, pois ele é consideravelmente sensível ao calor gerado e trabalha de forma automática.

A ideia de criação de um sistema como o sistema sprinkler, surgiu em 1806 com John Carey, que criou um sistema de canos com chuveiros que iniciava seu funcionamento quando o fogo consumia uma corda responsável por manter a válvula de sustentação fechada. Mas só foi em 1922, que se criou de fato o primeiro sistema sprinkler com ampola de vidro.

Requisitos básicos para a instalação de um sistema sprinkler

Existem uma série de requisitos básicos que são necessários para que o sistema funcione de forma eficiente, dentre eles estão a:

  • Classificação correta do grau de risco local para que seja possível um melhor planejamento da instalação do sistema;
  • Correta indicação do volume de água e tempo necessários para que o sistema opere com eficiência e eficácia;
  • Definição correta da área onde o sistema irá operar, compatível com a classificação do risco;
  • Distância entre os sprinklers de acordo com as recomendações solicitadas nas normas específicas;
  • Avaliações periódicas do sistema sprinkler.

As classificações dos riscos podem ser feitas seguindo as definições da Fire Office’s Committee’s (FOC) em: risco leve, onde há baixa carga de incêndio; risco médio, onde há materiais ou área com médio grau de combustibilidade; e risco pesado, onde há atividades e materiais com elevado grau de risco de incêndio.

Como o sistema Sprinkler é ativado?

O sistema Sprinkler é acionado automaticamente. Ele possui uma reserva de água que é exclusiva para incêndios. A distribuição da água ocorre através de uma série de válvulas controladoras e bicos aspersores de água.

Tipos de sistema Sprinkler

Existem vários tipos de sistema sprinkler, que variam quanto a sua forma de operar e características. Alguns que podem ser encontrados no mercado são:

  • Sistema de tubo molhado: O sistema de tubo molhado é uma rede de dutos que estão preenchidos com água pressurizada. Durante a ocorrência de incêndio, apenas os chuveiros trabalham para conter o fogo. Esse é um tipo de sistema muito usado em espaços comerciais, shoppings e condomínios residenciais.
  • Sistema de tubo seco: No caso do sistema de tubo seco, temos os tubos preenchidos por ar comprimido. É um sistema ideal para locais onde há a possibilidade da tubulação congelar, porém limitado quanto ao tempo para a água atingir o chuveiro aberto.
  • Sistema de dilúvio: É um sistema de tubulação seca despressurizada, onde seus chuveiros ficam permanentemente abertos e possui um sistema de detecção na área que precisa ser prevenida contra incêndio.
  • Sistema de ação prévia: No sistema de ação prévia os chuveiros ficam fechados por um elemento termo sensível e sua tubulação é completamente preenchida com ar. Antes que um primeiro chuveiro abra, a água preenche toda a tubulação.
Abrir chat whatsapp
Whatsapp disponível
Olá, estamos a disposição para esclarecer sua dúvida.

Como podemos te ajudar hoje?