Sistema Hidrante

O sistema hidrante são um conjunto de equipamentos que fazem parte do complexo fixo de combate ao incêndio, sendo ele responsável pela proteção de diversos tipos de edificações e espaços de uso coletivo. O sistema é utilizado de acordo com os códigos de segurança e são obrigatórios para qualquer tipo de edificação e todos os procedimentos e especificações devem ser checados nas Normas Técnicas.

Ele é um tipo de sistema hidráulico acionado manualmente e é formado por:

  • Reservatório de água;
  • Bombas de incêndio;
  • Tubulações ;
  • Peças hidráulicas;
  • Registro de manobra;
  • Abrigo de mangueiras;
  • Registro de recalque;

O reservatório de água é um compartimento já arquitetado na edificação. Ele pode ser de concreto armado, metal ou qualquer outro material que apresente uma alta resistência mecânica ao fogo e às intempéries.
Normalmente os reservatórios de água ficam localizados em área elevada, à nível do solo, semienterrados ou mesmo no subsolo.

O ponto de tomada de água contém válvulas angulares com adaptadores, tampões, mangueiras de incêndios e outros implementos essenciais para o seu bom desempenho. Tais pontos de tomada de água podem ser simples (uma saída), que são indicados para áreas internas, ou duplos (duas saídas), indicados tanto para espaços internos quanto externos a depender da categoria de risco de incêndio.

Checklist básico do sistema hidrante

O Checklist é um procedimento importante e indispensável principalmente quando estamos lidando com uma área de alto risco de incêndio. Para auxiliar na manutenção do sistema hidrante e garantir a segurança da área, é necessário seguir algumas estratégias básicas verificando se tais itens a seguir estão dentro dos conformes ou não:

  • Posse do Projeto de Proteção Contra Incêndio e Pânico (PPCIP) para inspeção do sistema;
  • Verificar se a reserva técnica de incêndio está devidamente protegida contra o fogo;
  • Verificar se a tomada de água da reserva técnica de incêndio para o sistema de hidrantes está de acordo com a planta;
  • Verificar se há registro de gaveta ;
  • Verificar se a bomba de combate a incêndio está protegida contra o fogo, umidade e intempéries;
  • Verificar o número de bombas instaladas;
  • Verificar se o painel elétrico está identificado e operante;

Esses são alguns dos procedimentos indispensáveis do Checklist do sistema hidrante, mas vale ressaltar que é sempre bom elaborar um documento próprio de acordo com as características e especificações do edifício.

Tipos de sistema hidrante

Devido a sua importância e possibilidade de utilização em diferentes áreas e ambientes, o sistema hidrante pode ser classificado em 4 tipos de acordo com sua funcionalidade:

  1. Hidrante urbano: conhecido também como hidrante de solo, pode ser encontrado nas calçadas das cidades. Esse tipo de hidrante é de responsabilidade da companhia de abastecimento de água da cidade e só pode ser utilizado pelo Corpo de Bombeiros.
  2. Hidrante industrial: são instalados em fábricas, usinas e galpões pois são específicos para garantir o combate a incêndio em uma área de porte industrial.
  3. Hidrante de parede: também conhecidos como hidrantes embutidos, eles podem ser encontrados na parte interna das edificações comerciais e residenciais. Geralmente os hidrantes de parede possuem esguicho regulável, chave de mangueira e as mangueiras de incêndio.
  4. Hidrante de recalque: Diferente dos hidrantes de parede, os hidrantes de recalque são encontrados na área externa dos edifícios. O principal objetivo desse tipo de hidrantes é abastecer o sistema de combate a incêndio.

Com o presente artigos é possível entender um pouco sobre o sistema hidrante e sua importância para a segurança e qualidade das edificações, sejam elas comerciais, residenciais ou industriais.

Abrir chat whatsapp
Whatsapp disponível
Olá, estamos a disposição para esclarecer sua dúvida.

Como podemos te ajudar hoje?